Está aí o novo filme que conta a história das Doce - "Bem Bom"!

"BEM BOM" COM LIA CARVALHO, CAROLINA CARVALHO, BÁRBARA BRANCO E ANA MARTA FERREIRA NO CINEMA COM A RFM

Teresa Lage

"A vida é demasiado curta. Começa pela sobremesa!"

A "Doce" Teresa Miguel no filme "Bem Bom"


O filme "Bem Bom" sobre as Doce já está no cinema, com a RFM!

"Bem Bom" conta-nos a história romanceada das Doce, desde a sua formação em 1979, até ao pico do sucesso em 1982.

Esta é a história da vida das 4 cantoras da maior girl band portuguesa de sempre!

A vestir a pele de Teresa, Lena, Fá e Laura temos agora 4 novas atrizes que todos conhecem bem: Lia Carvalho, Carolina Carvalho, Bárbara Branco e Ana Marta Ferreira.


Dia 2 de Julho de 2021 as 4 novas Doce e a realizadora Patricia Sequeira estiveram juntas com a "Doce original" Lena Coelho na ante estreia do filme no Capitólio, em Lisboa.



Vê aqui o último trailer

 

Este foi o primeiro trailer

 


Em 1979, 15 anos antes do aparecimento das Spice Girls, quatro raparigas portuguesas são contratadas para formar uma girlsband .

Elas brilham a dançar, a cantar, conquistam o país e tornam-se um fenómeno de popularidade. Elas são as DOCE.



Dia 8 de Julho as Doce estão de volta, na pele de 4 novas atrizes, num filme e uma série de televisão que prometem pôr Portugal a cantar. Realizado por Patricia Sequeira , "Bem Bom" vai contar de forma romanceada a vida das 4 cantoras da maior girl band portuguesa de sempre

Patrícia Sequeira que já nos deu séries épicas como "Conta-me como Foi" e filmes magníficos como "Snu", inspirados em factos verídicos, vai agora em " Bem Bom contar-nos a história das Doce desde a formação em 1979 até ao pico do sucesso.

A RFM esteve dia 16 de Janeiro de 2020 na apresentação de "Bem Bom" no Lisboa ao Vivo e voltou para assistir às filmagens dia 3 de Março.

Num intervalo da rodagem um "concerto das Doce em Coimbra", e conversámos nos bastidores com as novas Doce - Lia Carvalho, Carolina Carvalho Bárbara Branco e Ana Marta Ferreira.

Vê tudo aqui


 

Nos bastidores de "Bem Bom" a RFM falou também com os técnicos de som e luz /namorados das Doce - José Mata e Miguel Mateus.

Vê o video aqui

 


A 16 de Janeiro de 2020, na apresentação de " Bem Bom" a RFM encontrou o homem que " inventou" e escreveu os sucessos das Doce.

Tozé Brito contou à Teresa Lage como é que as Doce nasceram há 40 anos.

Ouve tudo aqui


Tozé Brito conta como surgiram as Doce


Para desempenhar as neste filme as personagens de Fátima Padinha, Lena Coelho, Laura Diogo e Teresa Miguel, Patricia Sequeira queria actrizes muito especiais.



Após um casting a mais de 80 actrizes, as Doce de Bem Bom foram:

Lia Carvalho (Teresa Miguel)

No grande ecrã, foi uma das protagonistas do galardoado “Verão Danado” e brilhou em “Amor Impossível”, que lhe valeram nomeações aos principais prémios da especialidade, e deu nas vistas em diversos papéis televisivos, de telenovelas como “Doce Tentação”, “Paixão” e “Terra Brava” a séries como “Lisboa Azul” e “Morangos com Açúcar”. Formada pela Escola Superior de Teatro e Cinema, interpretou nos palcos clássicos de Cocteau, Schnitzler e Albee

Ana Marta Ferreira (Laura Diogo)

Deu nas vistas logo aos nove anos como a Anita de “Morangos com Açucar” e desde então nunca mais parou. No cinema brilhou em sucessos como “Gabriel” e “O Fim da Inocência” e na televisão já fez de tudo um pouco, de séries juvenis como “Rebelde Way” e “Clube das Chaves” a séries de sucesso como “Portal do Tempo”, “Liberdade 21” e “Bem-Vindos a Beirais”, passando por telenovelas como “A Teia”, “Vidas Opostas” e “A Única Mulher"

Carolina Carvalho (Lena Coelho)

A carismática Jéssica Toledo da série “Golpe de Sorte” tornou-a conhecida de todos os portugueses, mas antes disso já tinha brilhado nas novelas “Vidas Opostas”, “Rainha das Flores” e “Amor Maior” e na série “Sim, Chef!”. Estudou em Lisboa e no Brasil, com nomes conceituados como John Frey e Sérgio Penna, tendo pisado as tábuas do Teatro do Bairro e do Teatro Aberto

Bárbara Branco (Fátima Padinha)

Apesar de ser mais conhecida do grande público por telenovelas como “Na Corda Bamba”, “Jogo Duplo” ou “A Impostora”, é nos palcos que mais tem brilhado desde que se formou pela Escola Profissional de Teatro de Cascais, em peças de Shakespeare, Wedekind ou Tenessee Williams, encenadas por nomes como João Mota ou Carlos Avillez. Foi este último que a conduziu em “As You Lite It”, que lhe valeu a nomeação ao Globo de Ouro e ao Prémio da SPA em 2019


“BEM BOM” estreou finalmente dia 8 de Julho de 2021, nas principais salas de cinema do país, um ano depois de se assinalarem os 40 anos do aparecimento das DOCE.

#bembomdoce



Em Abril durante os dias mais amargos desta pandemia,a equipa responsável pelo lançamento de "Bem Bom" oferceu-nos um Doce: as primeiras imagens, em versão vídeo karaoke, das aventuras da mais popular girl band portuguesa de sempre. Vê aqui e começa a ensaiar!


  • Partilha:

Top