Agir interpreta músicas do pai, Paulo de Carvalho, e emociona

"FLOR SEM TEMPO", "E DEPOIS DO ADEUS", DUAS CANÇÕES PORTUGUESAS EMBLEMÁTICAS FORAM INTERPRETADAS POR AGIR, NO FESTIVAL DA CANÇÃO DESTE ANO

Madalena Costa


Foi um dos momentos mais especiais e marcantes da segunda eliminatória do Festival da Canção, que aconteceu, este sábado, na RTP1.


Após a atuação dos artistas em concurso, Agir subiu ao palco para cantar duas canções emblemáticas interpretadas pelo pai, Paulo de Carvalho, que estão na memória de todos os portugueses.


Agir deu voz a “Flor Sem Tempo”, que deu a Paulo de Carvalho o terceiro lugar, em 1971, e ainda “E Depois do Adeus”, a célebre canção que foi também a senha para o 25 de abril de 1974.


A atuação fez muitos portugueses recuar no tempo e até Paulo de Carvalho, que tentou conter a emoção ao assistir ao filho. As lágrimas não caíram, mas Paulo de Carvalho mostrou-se, claro, muito orgulhoso!



Rapidamente, o momento emocionante protagonizado por Agir atingiu as 115 mil visualizações, sendo já a atuação mais vista do Festival da Canção de 2021, e está em 5.º lugar nas Tendências do Youtube, em Portugal.


Os dez finalistas do Festival da Canção, deste ano, já estão apurados e vão competir pela vitória, no dia 6 de março. O vencedor vai representar o nosso país na 65.ª edição da Eurovisão, que decorre nos dias 18, 20 e 22 de maio, nos Países Baixos.


  • Partilha:

Top