Achava que era velho e “pé de chumbo” demais para o TikTok – James Arthur sobre o seu novo sucesso viral

ANTES DE LANÇAR NOVO VIDEO DE DE “MEDICINE”, JAMES ARTHUR FALOU E CANTOU EM MEET AND GREET VIRTUAL COM A RFM

Teresa Lage


Dia 4 de Março, na véspera do lançamento do vídeo do seu novo single “Medicine”, dois dias depois de ter feito trinta anos, James Arthur fez um “Meet and Greet virtual” em que falou do seu confinamento, tocou ao vivo o seu novo single e apresentou o vídeo em estreia aos jornalistas de todo o mundo, RFM incluída.



Em direto do seu novo estúdio caseiro, à frente de uma parede decorada com a sua coleção de ténis, o músico contou como passou o seu confinamento:

“Neste último ano tivemos de nos ver ao espelho e de aprender a simplificar as nossas vidas. Consegui ter um estúdio em casa, fazer música e descobri novos hobbies - caminhada e corrida. Foquei-me na minhasaúde física , passei a a fazer “passadeira de competição” e aconselho toda a gente a sair e apanhar ar".

Em janeiro de 2020, James Arthur teve de interromper a sua digressão europeia quando, devido a uma crise de stress e ansiedade, em Madrid, deu entrada de urgência para o hospital e foi obrigado a repensar a sua vida. Depois, começou a preparar-se para voltar aos palcos, mas, com a chegada da pandemia, voltou tudo à estaca zero.

Durante o confinamento o músico diz que se entreteve a fazer exercício e a compor. Foram estes tempos de isolamento que inspiraram o seu novo single “ Medicine” – uma música positiva para arrancar para uma nova etapa.



Nesta conversa virtual com os jornalistas, James Arthur disse ainda:

“No passado andei por vários estúdios, a trabalhar com várias pessoas mas, neste meu 4º álbum foi bom estar confortável no meu estúdio caseiro a compor e gravar no mesmo sítio todas as canções. Os vizinhos não se queixaram, só fui interrompido por crianças a chorar e passarinhos.

Trata-se de um álbum muito pessoal mas só a meio é que me apercebi disso."

Quanto ao primeiro single “Medicine”, James disse: "Normalmente a primeira canção que se escreve para um álbum não presta e é para deitar fora mas esta não. Foi como se a tensão de todos estes meses em casa explodisse nesta música".



Com “Medicine” o músico diz que "foi levado" para o TikTok– uma rede social para a qual achava que era velho demais e que nunca lhe tinha dito nada... porque, no que diz respeito a dançar sempre tinha sido um “Pé de chumbo”.

No entanto depois quando percebeu que lá podia estar só a cantar, até achou que se tratava de uma plataforma muito positiva.

Foi no TikTok que James Arthur desafiou os seus fãs a fazerem vídeos que ilustrassem 30' do seu “Medicine” e ficou fascinado com o resultado, (especialmente com o vídeo de um avô cuja " Medicine" era tudo o que o ajudava a viver melhor), e ficou com vontade de fazer duetos com alguns dos participantes.


@jamesarthur23

Keep using the sound to let me know who your Medicine is with ##ismymedicine 🙏 thanks for all of the love for the song so far! ##jamesarthurmedicine

♬ Medicine - James Arthur
@jamesarthur23

##duet with @grandadjoe1933 ##medicine ##jamesarthurmedicine

♬ Medicine - James Arthur


James Arthur terminou este “Meet and greet” virtual dizendo que tinha sido bom durante este confinamento de 8 meses ter podido descansar e compor, mas agora já está desejoso de voltar aos palcos!

Vencedor da nona edição do Factor X no Reino Unido,James Arthur estreou-se em 2012 com o tema "Impossible", batendo recorde de vendas. O seu disco de 2016, "Back From The Edge", alcançou de imediato o #1 nas listas do Reino Unido.

Até hoje o músico já vendeu mais de 25 milhões de discos em todo o mundo, obteve mais de um bilhão de visualizações no YouTube, 22 milhões de seguidores mensais e um bilhão de streamings no Spotify, com o single “'Say You Won't Let Go”, James fez história sendo um dos 10 artistas a alcançar este número, ao lado de nomes como Drake, Ed Sheeran e Justin Bieber.

Em janeiro de 2020, antes de interromper os concertos James chegou a atuar em Portugal em Lisboa, dia 19 de janeiro, no Campo Pequeno.

A digressão destinava-se a promover " You" o seu terceiro álbum de estúdio, lançado em outubro de 2019 e que incluia os singles “Treehouse”, “Naked”, “Falling Like The Stars” e “Empty Space”.


  • Partilha:

Artigos Recomendados
Top